Carregando... Carregando...
 
Busca Simples

> busca avançada

Dissertação de Mestrado aborda a construção da ponte pista Sul, no Rio Piracicaba

Marcos Hister Pereira Gomes

Aluno buscou a expertise da Fundacentro para realizar o trabalho

Por ACS/ A. R. em 23/03/2017

A dissertação de Mestrado, defendida por Marcos Hister Pereira Gomes, teve como objetivo produzir uma narrativa a partir das noticias veiculadas sobre o acidente ocorrido em julho de 2013, com o desabamento da ponte pista Sul, em Piracicaba, São Paulo. Criada para integrar a obra de infraestrutura do Anel Viário de Piracicaba que interliga o município a várias rodovias, o resultado do colapso da ponte culminou na morte de 5 trabalhadores e 5 gravemente feridos.

Intitulada: Papel de agentes públicos em análise de acidente catastrófico na construção civil pesada: colapso de ponte em construção de anel viário no interior de São Paulo/Brasil, o autor que trabalha no Cerest de Piracicaba, destaca a construção civil pesada como o segmento que possui mais frequência de colapso (termo técnico para descrever um acidente catastrófico).

Para compreender os motivos que levaram ao acidente, ou ao colapso, o aluno fez um levantamento de 31 notícias veiculadas na mídia digital, documentos produzidos pelos agentes públicos e ata do Comitê Permanente Regional de Piracicaba. No que se refere ao papel da mídia em noticiar o evento, Marcos mostra que o teor das informações veiculadas quando do acontecimento foram insuficientes ou superficiais, não retratando o processo como um todo.

Desafios

Para Marcos Hister, compreender o colapso da ponte e a ausência de análises mais profundas sobre o que ocorreu, revelam-se um desafio para todos.

De acordo com o autor, mesmo que tenha havido falha da mídia, se faz urgente e necessária, a implementação de políticas públicas que sejam voltadas para a prevenção de colapsos ocorridos em obras da construção pesada.

Além da mídia, o aluno encontrou dificuldades e entraves entre as instituições e a dependência da análise técnica do Instituto de Pesquisa Tecnológica (IPT). Outro fator apresentado durante a defesa foi a limitação nas análises do acidente, mostrando a ausência de perspectiva na prevenção de acidentes de trabalho na construção pesada.

A defesa, realizada no dia 20 de março, contou com a participação na banca de Mara Alice Batista Conti Takahashi, doutora em Saúde Coletiva do Cerest Picacicaba, Eduardo Garcia Garcia, Doutor em Saúde Pública e pesquisador da Fundacentro. O orientador de Marcos Hister foi o pesquisador da Fundacentro e doutor em Ergonomia, José Marçal Jackson Filho.

Após as considerações sugeridas pela banca, o aluno fará as devidas adequações na dissertação, a qual estará disponível para acesso e download no portal da Fundacentro.

Compartilhar:

Recomendar Notícia

Recomendar Notícia

É obrigatório o preenchimento dos campos com *

Dados remetente

Dados destinatario

Máximo de 1500 caracteres. Quantidade de caracteres digitados:

Confirmação dos dados - Recomendar essa Notícia

Dados confirmação
Recomendar para outro destinatário

FUNDACENTRO - Fundação Jorge Duprat Figueiredo de Segurança e Medicina do Trabalho.
Sede: Rua Capote Valente, Nº 710 - CEP: 05409-002 - SÃO PAULO-SP - BRASIL - CAIXA POSTAL: 11.484 / CEP: 05422-970
Todos os direitos reservados. Proibida a reprodução total ou parcial sem a permissão da Instituição.