Carregando... Carregando...
 
Busca Simples

> busca avançada

Fundacentro desenvolve aplicativo para celulares que monitora a exposição ao calor

Fundacentro desenvolve aplicativo para celulares que monitora a exposição ao calor

O monitoramento da exposição ao calor pode ser realizado em todo o Território Nacional

Por ACS/D.M.S em 30/03/2017

A Fundacentro disponibiliza para download de forma gratuita o aplicativo “Monitor IBUTG”, nas lojas de aplicativos App Store e Play Store. O app torna possível a avaliação da exposição ao calor em todo território nacional onde o trabalhador exerce suas atividades a céu aberto. Permite ainda que as empresas possam aplicar medidas adequadas de controle para impedir o adoecimento e morte de trabalhadores, bem como prejuízos econômicos decorrentes destes infortúnios.

O aplicativo “Monitor IBUTG” é um software inovador idealizado pelo pesquisador Paulo Alves Maia, a partir de um algoritmo matemático de sua autoria e do tecnologista Álvaro César Ruas, ambos da Fundacentro de Campinas.

O desenvolvimento do sistema foi concretizado pela equipe do Setor de Informática (SIn) da Fundacentro de São Paulo, composta por Fernando Timoteo Fernandes, Larissa Kikkawa e Guilherme Santos Silva. O coordenador do SIn, Norisvaldo Ferraz Junior e o tecnologista Diego Ricardi dos Anjos também deram apoio ao projeto. A criação e desenvolvimento de nome e marca do aplicativo foi realizado pelo tecnologista e designer gráfico do Setor de Publicações (SPb), Flávio Barbosa Galvão.

De acordo com Paulo Maia, o dispositivo monitora, de hora em hora, o valor do Índice de Bulbo Úmido – Termômetro de Globo (IBUTG) o qual indica se a exposição é excessiva ou não. Além disso, o aplicativo mostra as medidas de controle a serem observadas no momento da exposição e, com isso, evita as ocorrências de câimbras, desidratação, exaustão térmica, insolação e mortes nos campos.

“Com este aplicativo as empresas, organizações e trabalhadores passam a ter uma alternativa de monitoramento sem custos de profissionais especializados e sem a necessidade de equipamentos caros, o que facilita a observação dos preceitos legais insertos no Anexo nº 03, da norma regulamentadora nº 15 da Portaria nº 3214”, ressalta o pesquisador.

Maia informa que o aplicativo, além da avaliação da exposição ao calor do dia atual, permite avaliações retrospectivas desde abril de 2014. É possível salvar e enviar por e-mail os resultados para qualquer interessado e, como opera com o Global Positioning System - GPS (Sistema de Posicionamento Global), não é necessário digitar o endereço, caso a avaliação seja feita no mesmo local onde o trabalhador labora.

“O Brasil é o primeiro país do mundo a desenvolver uma ferramenta de monitoramento que cobre todo o seu território. Isto foi possível mediante a um Termo de Cooperação Técnica assinada com o Instituto de Meteorologia Nacional, INMET que, de hora em hora, envia para um servidor do Centro Técnico Nacional (CTN) - dados de todas as estações meteorológicas do país. Esses dados alimentam o software Sobrecarga Térmica desenvolvido em abril de 2014, por pesquisadores da Fundacentro de Campinas, e agora passam a ser utilizados também pelo aplicativo desenvolvido denominado Monitor IBUTG”, esclarece o idealizador do app.

Paulo frisa que as dificuldades para prevenir doenças e mortes dos trabalhadores relacionadas à exposição ao calor intenso são enormes. “Exige custos altos, técnicos profissionais preparados, estrutura organizacional consolidada e logística eficiente, hoje se deu um passo para que milhões deles possam ter suas exposições controladas com sucesso”, finaliza o pesquisador.

O interessado no tema pode acessar o software Sobrecarga Térmica no Portal da FUNDACENTRO e o Monitor IBUTG pode ser obtido gratuitamente através de downloads nas lojas de aplicativos.

Compartilhar:

Recomendar Notícia

Recomendar Notícia

É obrigatório o preenchimento dos campos com *

Dados remetente

Dados destinatario

Máximo de 1500 caracteres. Quantidade de caracteres digitados:

Confirmação dos dados - Recomendar essa Notícia

Dados confirmação
Recomendar para outro destinatário

FUNDACENTRO - Fundação Jorge Duprat Figueiredo de Segurança e Medicina do Trabalho.
Sede: Rua Capote Valente, Nº 710 - CEP: 05409-002 - SÃO PAULO-SP - BRASIL - CAIXA POSTAL: 11.484 / CEP: 05422-970
Todos os direitos reservados. Proibida a reprodução total ou parcial sem a permissão da Instituição.