Carregando... Carregando...
 
Busca Simples

> busca avançada

Fundacentro/PE atua na área de telecomunicações, construção e saúde do trabalhador

Reunião com Sindicato dos Trabalhadores em Telecomunicações (Sinttel)

Ações interinstitucionais visam à produção de cartilha e à participação em comissões

Por ACS/C.R. em 14/03/2017

Pesquisadores da Fundacentro de Pernambuco produzirão uma cartilha voltada aos terceirizados que trabalham na implantação e manutenção das redes de telecomunicação. O Sindicato dos Trabalhadores em Telecomunicações (Sinttel) levou a demanda à instituição, em reunião realizada em 13 de fevereiro.

Serão abordados temas como trabalho em altura, espaço confinado e riscos. “A cartilha será usada em capacitações. O foco será a atividade de manutenção e a implantação de redes de telecomunicações, abordando os riscos e as medidas de controle. Vamos fazer visitas de campo para acompanhar as atividades dos trabalhadores”, explica o educador da Fundacentro/PE, José Hélio Lopes.

O Sinttel encaminhará dados sobre acidentes do trabalho e absenteísmo na atividade para subsidiar a produção do material educativo. O primeiro encontro contou com a participação do diretor Maurício Viana, do chefe técnico Luiz Antonio de Melo e do educador José Hélio Lopes, todos da Fundacentro/PE. Já o Sinttel/PE foi representado pelo assessor da diretoria de formação, Maurício Barbosa.

Indústria da construção

Uma das marcas da Fundacentro/PE tem sido a atuação na segurança e saúde dos trabalhadores na indústria da construção. O educador José Hélio Lopes foi reeleito para coordenar o Comitê Permanente Regional Sobre Condições e Meio Ambiente do Trabalho na Indústria da Construção da Paraíba (CPR-PB).

A primeira reunião ocorreu em João Pessoa/PB em 14 de fevereiro. Na ocasião, a palestra “A segurança do trabalho integrada ao processo produtivo da construção civil” foi dada pelo gerente de obras Ricardo Lombardi. Nova reunião ocorreu hoje, 14 de março.

Outra atuação do CPR/PB é a articulação de um projeto de lei para que o alvará de demolição só possa ser emitido pela prefeitura com a presença de responsável técnico. Isso porque toda demolição deve ser programada e dirigida por profissional legalmente habilitado.

Essa exigência já tem sido feita pela prefeitura após a atuação do Comitê para que isso ocorresse. “Agora queremos que haja lei regulamentando. É um CPR muito atuante, com 20 anos de história”, explica Hélio Lopes. Cercar o serviço de demolição de toda segurança possível é uma das ações prioritárias.

“Tivemos 118 pedidos de ARTs (Anotações de Responsabilidade Técnica) entre setembro e dezembro de 2016 junto ao Crea para serviços de demolição. Também queremos atuar na questão de queda de altura com ações estruturantes para prevenir esse tipo de acidente”, completa o educador da Fundacentro/PE.

A Fundacentro/PE também tem atuado no CPR-PE, que se reuniu pela primeira vez em 2017 no dia 15 de fevereiro. A reunião ocorreu no Sinduscon/PE (Sindicato da Indústria da Construção Civil no Estado de Pernambuco) em Recife e teve a participação, pela Fundacentro, de Maurício Viana, Marcelo Vasconcelos, Luiz Antonio de Melo e José Hélio Lopes. A ideia é dar nova dinâmica ao Comitê, com maior participação das instituições.

Ações interinstitucionais

O engenheiro Luiz Antonio de Melo foi eleito por unanimidade como coordenador adjunto da coordenadoria nacional das câmaras especializadas de Engenharia de Segurança do Trabalho. Ele substituiu o engenheiro Maurício José Viana, que ocupou o posto em 2016.

A eleição ocorreu durante o VI Encontro de Líderes Representantes do Sistema Confea/Crea (Conselho Federal de Engenharia e Agronomia/Conselho Regional de Engenharia e Agronomia), realizado em Brasília de 19 a 23 de fevereiro e contou com a presença dos dois engenheiros da Fundacentro/PE.

Já o educador José Hélio Lopes representa a instituição na Comissão Intersetorial de Saúde do Trabalhador e da Trabalhadora (Cistt-PE). A primeira reunião da Cistt-PE ocorreu em 21 de fevereiro no auditório do Conselho Estadual de Saúde, em Recife. A Cisst assessora o conselho estadual quanto à formulação e acompanhamento de políticas na área da saúde do trabalhador.

A Fundacentro/PE também busca atuar junto às instituições de ensino. Em 22 de fevereiro, a instituição recebeu a visita de alunos do curso de técnico de segurança do trabalho do Centro de Ensino Grau Técnico. A comitiva foi recebida por José Hélio Lopes, que destacou a missão institucional e conduziu palestra sobre os desafios enfrentados pelo profissional de segurança do trabalho.

Compartilhar:

Recomendar Notícia

Recomendar Notícia

É obrigatório o preenchimento dos campos com *

Dados remetente

Dados destinatario

Máximo de 1500 caracteres. Quantidade de caracteres digitados:

Confirmação dos dados - Recomendar essa Notícia

Dados confirmação
Recomendar para outro destinatário

FUNDACENTRO - Fundação Jorge Duprat Figueiredo de Segurança e Medicina do Trabalho.
Sede: Rua Capote Valente, Nº 710 - CEP: 05409-002 - SÃO PAULO-SP - BRASIL - CAIXA POSTAL: 11.484 / CEP: 05422-970
Todos os direitos reservados. Proibida a reprodução total ou parcial sem a permissão da Instituição.